25 de mai de 2010

Sal de Fruta















Traga purgante numa taça de vinho.

Depois amarga e sufoca,

Amarra a garganta.

Quantas explicações?

Quantas desculpas serão necessárias

Pra se dar conta,ou então admitir...

Engolido foi seu orgulho, ferido!


Um sal de fruta,por favor?

6 de mai de 2010

O Acaso (Do tempo e outras brincadeiras)




















Eu duvido dessa contingência.
E por duvidar,insisto demais...
Mas o tempo esmaga a paciência.
Que brincadeira de mau gosto!