4 de jun de 2008

Para Inaugurar!

Quero inaugurar meu blog com o texto de uma amiga muito querida.

"Antes de tudo, você precisa estar ouvindo essa música quando ler o texto"
  http://www.youtube.com/watch?v=NNfWC4Sgkcs

"Isso é o que você sente quando realmente ouve as batidas do seu coração e se dá conta de que um dia ele irá parar de bater... Isso é o que você sente quando se dá conta de que tudo o que sabe sobre a tua própria existência é apenas sua intuição e que tudo o que achava real não passa de algo efêmero e ilusório e que a realidade, a verdade é algo que você desconhece completamente...


Isso é o que você sente quando percebe que todos os dias você deixa passar algo muito importante e que não está atento o quanto deveria. Que não tem se empenhando de fato e o tempo está passando...


Isso é o que você sente quando entende que a vida que leva está sendo criada por você mesmo e que você é a única pessoa que pode te ajudar e mudar a sua realidade só depende de você e você simplesmente não sabe o que fazer... Isso é o que você sente quando sabe que está se despedindo, por um período muito longo, de alguém que ama...


Isso é o que você sente quando acorda no meio da noite e realmente compreende que está absolutamente só. Que nasceu sozinha e morrerá sozinha e entre esses dois fatos apenas se ilude de que não está só...


Isso é o que você sente quando se dá conta de que definitivamente não faz parte do meio em que vive. É o que sente quando olha tudo a sua volta e pouca coisa faz sentido e você sabe que está ali por alguma razão, mas não tem idéia do que seja...


Isso é o que você sente quando sabe que convive muito menos do que gostaria com as pessoas que ama e muito mais com pessoas completamente diferentes de você. Que você precisa muito aprender algo com essas pessoas e não sabe o que...


Isso é o que você sente quando faz uma longa viagem e sabe que não voltará sendo a mesma pessoa. Que essa viagem irá te mudar completamente. Você vai rever todos os seus conceitos e descobrir que pode suportar muito mais que imaginava...


Isso é o que você sente quando experimenta todo potencial de bondade que há em você e que ao menos uma vez conseguiu não ser tão egoísta e pode ser o melhor que você já consegue ser, mas sabe que apesar de querer ser essa pessoa que você descobriu que pode ser você ainda não consegue sê-la plenamente...


Isso é o que você sente quando sabe que apesar de desejar o melhor para alguém que ama, o que você acredita ser o certo pode não ser o que a pessoa precisa no momento e você entende que só pode aconselhá-la e assistir essa pessoa percorrendo os caminhos mais difíceis, mas que não pode mudar o caminho dela...


Isso é o que você sente quando realmente ouve Rebelion Lies."






Adriana Mani




http://drizzy4all.blog.terra.com.br/

Um comentário:

dri disse...

Adorei a homenagem querida...
Fiquei até emocionada de saber que as minhas "perturbações poéticas" conquistou alguém tão especial.
Você mora no meu core!