27 de mar de 2010

Eis Uma Estrela. Brilha!


















Brilha pequena, que o brilho revela tua existência.

O que enxerga nessa escuridão? Não és cadente, porque está aí e vejo.É alma pura, estrela verdadeira...

Então brilha, ri-se da vida, que o som de seu sorriso é música.

Brilha entre o que machuca e o que cega, brilha na dor e no amor diferente.

Eis a vida. Brilha!

Nenhum comentário: