21 de abr de 2010

Ensaio





Quando escrevo,sonho acordada!

Já experimentou tal prazer?


Edificar absurdos e demolir.

Avançar e retroceder.

Asseverar-se da tua presença e depois rir do desatino...


Talvez, por isso, eu não me entregue:

Para ter as rédeas da fantasia!


Só que, invariavelmente, mesmo lúcida,os que são ocultos me espreitam.


Já experimentou tal prazer?



Nenhum comentário: