23 de mar de 2011

De Ser e Estar ( E outras interpretações)

O dia, pra mim, assim,  dilacera
Prefiro a noite e seu toque suave
Aninhar na madrugada, acordada…

Nenhum comentário: