27 de fev de 2013
















- Danny Quirk Ilustration



De Viver (“Mens sana in corpore sano”)


Que o calor venha da brasa e não disso, desse "morno“ jeito de estar... 
Pode queimar! Eu prefiro.
Quero também o cítrico, aquele que amarra a boca e escorre pelos olhos: chuva ácida 
Corroer na loucura infinita.
E pode virar coceira, brotando por todo corpo,
dermatite escandalosamente viva
Coçar até sangrar, pra mostrar que é vida.
Cure-se primeiro! Seja lá do que for...
Corre e vem exausta, desmemoriada da fuga
com sede de agora ou nunca.





 

 

Nenhum comentário: