12 de jan de 2012


              Tocata e Fuga

A lua caiu em meu quarto 
O meu quarto minguante.
Ela esteve em meus braços, murmurou sua melodia
Seu canto, quase uma prece 
Seu feitiço, pura ironia...
Ora ávida mulher, 
Ora delicada petiz.
Inebriada, esmaeci 
O céu tomou-me a lua!
Avisou:

- Não te iludas…

Nenhum comentário: